Qualidade em Saúde

 

Todas as novidades sobre saúde e bem-estar você encontra aqui, no Qualidade em Saúde. Informacões sobre como manter sua saúde em dia, prevenção de doenças e muito mais sobre qualidade de vida.

 

Mais sobre Saúde

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil o diabetes atinge 6,8% da população. O mais preocupante, é que o número tende a crescer nos próximos anos, mas com a adoção de alguns hábitos saudáveis é possível reduzir significativamente o risco do diabetes tipo 2.

O início do verão pode representar um verdadeiro pesadelo para a pele, que apresenta variação entre ressecamento e oleosidade durante os três meses da estação devido à soma de fatores como o constante calor, o maior tempo de exposição ao sol e o contato com agentes como o sal e o cloro.

As exigências sociais ficam maiores a cada ano e é comum as pessoas estarem ligadas 24 horas por dia, sete dias por semana. O resultado disso é o aumento das taxas de insônia, com muita gente tendo dificuldade de desligar o cérebro à noite.

Menopausa, a última menstruação, acontece normalmente entre os 45 e 55 anos da mulher. Mas a partir dos 40 anos já é possível sentir os sintomas, provocados pelo climatério, período em que a mulher passa da fase reprodutiva para a fase de pós-menopausa.

No Ocidente, a maioria das pessoas conhece o ioga como um conjunto de posturas físicas exóticas, que traz inúmeros benefícios para a coluna e para a respiração. Mas não é só isso. Trata-se de um método educacional completo para a vida, que propõe práticas de valores éticos, virtudes mentais, posturas físicas e meditação, fornecendo elementos consistentes para que a pessoa construa sua vida com mais presença e qualidade.

Responsável pela sustentação e movimentação do corpo, a coluna vertebral une delicadeza e resistência. É delicada porque entre suas 33 vértebras passa a medula espinhal - estrutura sensível que funciona como canal de comunicação entre o cérebro e as demais partes do corpo. É resistente porque representa 40% do tamanho do ser humano e proporciona a flexibilidade e os movimentos realizados pelo corpo.

Verão, calor e todas mulheres querem apenas uma coisa: colocar um biquíni e ir à praia ou piscina. Mas é justamente na estação mais quente do ano que se deve tomar mais cuidados com a saúde íntima.

Não é fácil conviver com a dor de cabeça. Além do incômodo, a cefaleia tem outras consequências: atrapalha o desempenho no trabalho ou nos estudos, muitas vezes, exigindo faltas e adiamento de compromissos para descanso e recuperação. Sem falar nos custos econômicos que a própria doença, ou o tempo que ela consome, geram.

Entre as inúmeras atividades com as quais você fica envolvido durante todo o dia e parte da noite, qual é o momento em que dá uma parada, mesmo que rápida, para pensar em si mesmo? Se você pensou que isso ocorre antes de dormir, a resposta não valeu.

Em uma sociedade em que a maioria das empresas, serviços e atividades funciona em horário comercial, das 9h às 18h, quem tem dificuldade para levantar cedo costuma sofrer com essa rotina.

Não é à toa que a celulite está na lista dos piores pesadelos das mulheres: além de deixar a pele com aquela textura de casca de laranja, o problema, geralmente, é causado por mais de uma razão. Alterações hormonais, flacidez, gordura localizada, retenção líquida e má circulação são apenas alguns dos fatores que desencadeiam os malditos furinhos.

Você acorda cedinho e parece que tudo está girando. Aí, você sente tontura, enjoo, perde o equilíbrio e tem um grande mal-estar. Cuidado, isso pode ser labirintite.