A cirurgia plástica exige alguns cuidados durante o pós-operatório e, algumas delas, incluem a drenagem linfática, uma massagem que irá acelerar o processo de recuperação e irá otimizar o resultado da cirurgia.


A drenagem linfática é uma massagem que não causa dor, é feita sob a pressão dos dedos ou das mãos, que irá em direção do sentido fisiológico, ajudando os líquidos a seguirem o caminho linfático. Esse procedimento é indicado justamente porque após algumas cirurgias, como a lipoaspiração e abdominoplastia, é comum a pessoa reter mais líquido do que o corpo é capaz de drenar e fica inchada.

A massagem pode ser feita com o auxílio de aparelhos eletrônicos ou manualmente e além de reduzir o inchaço, ela oferece diversos outros benefícios como: favorece a hidratação, a nutrição celular e a capacitação de oxigênio, melhora a circulação, aumenta a capacidade de reabsorção dos hematomas provocados pelo procedimento cirúrgico e previne fibroses.

Além da lipoaspiração e abdominoplastia, a drenagem tem ótimos resultados após a mamoplastia, inclusão da prótese mamária, ritidoplastia, entre outros. Mas antes de agendar as suas sessões com uma esteticista de sua confiança, consulte o seu cirurgião plástico para saber quando poderá iniciar e se ele aconselha, pois alguns médicos preferem que a recuperação seja feita naturalmente pelo próprio organismo do paciente.

São indicadas de 10 a 20 sessões normalmente, mas cada pessoa tem uma recuperação, uns sentem mais dores, incham mais e podem ter mais hematomas do que o outro, por isso, siga sempre as recomendações do seu médico, ele é a única pessoa capaz de avaliar a sua situação.