O câncer pode atingir qualquer parte do corpo por causas diversas e muitas ainda não são conhecidas, porém sabe-se que alguns fatores aumentam os riscos de contrair a doença, incluindo o tabagismo e o consumo do álcool.

Saiba quais as principais causas:

Tabagismo e alcoolismo: São as causas mais comuns. Fumar cigarros e outros produtos de tabaco e consumir álcool deixam a boca exposta a agentes cancerígenos ou produtos químicos que podem alterar o DNA das células. Uma pessoa que bebe em excesso ou fuma muito tem 5 vezes mais chances de desenvolver o câncer do que uma pessoa que não tem esses hábitos. Já se o indivíduo beber e fumar em excesso, esse risco aumenta em 38 vezes.

Tabaco de mascar: Os que mascam o tabaco correm um risco elevado de desenvolver o câncer, já que a boca fica diretamente exposta às substâncias cancerígenas presentes no tabaco.

Maconha: Quem fuma maconha constantemente corre mais riscos do que o fumante de cigarros, isso porque a cannabis contêm níveis elevados de alcatrão, que é uma substância cancerígena.

Sexo oral e beijo na boca: Durante o sexo e o beijo o indivíduo fica exposto ao vírus HPV, que pode afetar o colo do útero, ânus, boca e garganta. Esse vírus é sexualmente transmissível e a contaminação tem aumentado na população jovem.

Má alimentação: O risco de desenvolver o câncer na boca aumenta naqueles que consomem muita carne vermelha, alimentos processados e fritos e que não inserem frutas e vegetais na sua dieta.

Higiene falha: Má higiene oral, dentes cariados e dentaduras mal instaladas aumentam o risco do câncer de boca.

Sexo e idade: O câncer de boca é mais comum entre as pessoas acima de 40 anos e do sexo masculino, porém ultimamente a doença tem aumentado entre as mulheres também.

Histórico da doença: Pessoas que já tiveram câncer na região da cabeça e pescoço tem um risco elevado de ter a doença na boca.

Uso de medicamentos: Alguns remédios que suprimem a imunidade também podem aumentar o risco de câncer de boca.

Qualquer ferida ou mancha que apareça na região bucal e demore a cicatrizar pode ser um sinal do câncer, portanto procure um médico, quanto antes a doença for diagnosticada, mais eficaz será o tratamento.