Qualidade em Odontologia

 

Aqui no Qualidade em Odontologia você vai ficar sabendo tudo o que precisa para cuidar de sua saúde oral, prevenir doenças bucais e manter seu sorriso bonito e saudável, tudo isso apoiado por um grupo de dentistas especialistas de primeira.

 

Mais sobre Odontologia

A segunda doença bucal mais comum durante a terceira idade é a gengivite, uma inflamação causada pelo acúmulo de bactérias na superfície dental, esta doença é uma das principais causas pela perda dentária nos idosos.

Tem estado muito em foco atualmente em revistas, na TV e também na internet o grande impacto na estética facial proporcionado por um belo sorriso. Eles são maiores, mais claros, mais luminosos, mais alinhados e mais harmônicos.

De acordo com o com o relatório Oral Health in America, muitas mães desconhecem a relação que existe entre saúde bucal precária e desfechos adversos na gravidez.

Implantes dentários são suportes ou estruturas de metal (normalmente de titânio) posicionadas cirurgicamente no osso maxilar abaixo da gengiva para substituir as raízes dentárias. Uma vez colocados, permitem ao dentista montar dentes substitutos sobre eles.

Pessoas que usam aparelhos ortodônticos têm mais dificuldade para fazer a higiene bucal, principalmente os que utilizam aparelho fixo, podendo ocorrer um maior acúmulo de placa bacteriana e outras bactérias.

O tártaro é a placa bacteriana calcificada que recobre os dentes e parte da gengiva, podendo formar manchas e provocar a descoloração dos dentes, além de causar um mau aspecto ao sorriso.

Muitas mães e futuras mamães sabem que o leite materno funciona como uma vacina, protegendo seu bebê de várias doenças, que é o alimento mais completo e natural e nenhum outro o substituí. Entretanto, muitas desconhecem benefícios importantes do ato de amamentar. 

Até um tempo atrás só era possível substituir um dente perdido com o uso de dentaduras, mas hoje em dia já é possível fazer implantes dentários sem a necessidade de mexer nos dentes ao lado.

O título acima define bem o ideal desejável de estética e saúde da boca no contexto contemporâneo das sociedades ocidentais.

É muito comum todos se preocuparem com a higiene bucal das crianças, mas os idosos não estão livres dos cuidados com os dentes, na terceira idade é comum ter pacientes com problemas como a xerostomia, cáries, problemas nas pontes ou próteses, doenças periodontais, lesões na mucosa bucal, entre outras.

O câncer de boca é uma denominação para os tumores malignos que atingem os lábios e a cavidade oral, como a mucosa bucal, o palato duro, língua e assoalho da boca. A doença nessas áreas é muito comum entre os tabagistas e os alcoólatras, e necessita muita atenção, já que os principais sinais podem ser confundidos com outros problemas bucais.

Durante a gravidez os cuidados são redobrados quanto a saúde, a alimentação, e com a boca e os dentes não poderia ser diferente. Gestantes portadoras de doenças bucais têm maior chances de dar à luz a bebês prematuros ou abaixo peso normal.