Muitas vezes alguns dentes podem ficar comprometidos por diversos motivos, o que antigamente acarretaria na extração do dente, mas hoje em dia o tratamento de canal pode ser utilizado numa tentativa de recuperar esse dente danificado.

As principais causas de danificação são a quebra do dente, um trauma forte ou até mesmo uma cárie que não foi tratada no início e acabou por atingir a polpa do dente, o que permite a entrada de bactérias.

O tratamento consiste na remoção da polpa do dente que está infeccionada ou morta, e o espaço resultante deve ser limpo e preenchido, felizmente esse processo não é doloroso e pode ser feito em apenas uma consulta.

Ao perceber qualquer sinal diferente, é necessário procurar um dentista para verificar a necessidade do tratamento de canal, pois uma infecção não tratada, pode formar pus na ponta da raiz, causando um abcesso, processo de destruição do osso ao redor do dente.

Os principais sintomas que indicam a necessidade de tratamento de canal são:

  • Abcesso na gengiva
  • Sensibilidade térmica excessiva
  • Dor aguda e latejamento do dente
  • Inchaço e dor ao toque
  • Dano ou trauma ao dente

Os dentes restaurados podem durar a vida inteira, se tratados adequadamente. Muitos dizem que o dente fica quebradiço após o canal, mas não há nenhum comprovamento. Portanto, o ideal é manter uma boa higiene bucal, sem se esquecer de passar o fio dental diariamente e realizar exames dentários regularmente.