Qualidade em Nutrição

 

Novidades sobre alimentacão saudável, dicas e tudo o mais que você precisa saber sobre como os alimentos podem ajudar na manutenção da saúde e na busca de uma vida com bem-estar você encontra aqui, no Qualidade em Nutrição.

 

Mais sobre Nutrição

Não é possível que exista um adulto nesse mundo que nunca tenha experimentado o café. Ele é consumido no mundo inteiro, e julgando pela quantidade de lojas da cafeteria Starbucks (somente nos Estados Unidos existiam 10.924 lojas em 2012!) é evidente que nós adoramos uma cafeína.

O leite materno é sem duvida o melhor alimento para os bebês contendo todos os nutrientes necessários ao seu desenvolvimento físico e mental. Quando há impossibilidade de manter-se o aleitamento materno por qualquer motivo, a opção mais utilizada são as formulas à base de proteínas do leite de vaca.

Há muito tempo ouvimos falar que um bom café da manhã é imprescindível para quem quer ter uma alimentação saudável, até mesmo para quem quer emagrecer, e é mais pura verdade. Pular essa refeição pode ser considerado praticamente um crime contra a saúde.

Bala, sorvete, batata-frita, hambúrguer. A lista de guloseimas e fast food que fazem a alegria das crianças é realmente infinita. Mas se você for do tipo que amolece com a cara feia do pequeno diante de um prato saudável e, pior, ainda dá o que ela pede, saiba que está errado.

A publicação de resultados de um estudo feito pela Universidade de Harvard e patrocinado pelos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos que acompanhou mais de 14 mil homens de meia-idade por mais de uma década mostrou que o uso diário de suplementos de vitaminas e minerais não reduzia o risco de doenças cardíacas .

Escolher com atenção que tipos de alimentos vão fazer parte da sua refeição, além de formas mais saudáveis de prepará-los, é um bom começo para ter uma alimentação equilibrada no seu dia a dia. Veja alguns exemplos:

Depois do ovo, da carne vermelha e da frutose, chegou a vez do glúten, proteína presente em trigo, centeio e cevada, assumir o posto de vilão da saúde. Enquanto celebridades atribuem seus corpos magros à dieta sem glúten, alguns especialistas iniciaram um movimento para provar que a proteína faz mal e está ligada ao aumento de casos de doenças graves, como as cardíacas e o Alzheimer.

Uma boa alimentação é fundamental para a manutenção da saúde. Para o praticante de corrida, porém, é ainda mais importante, pois ela é responsável pelo aporte da energia necessária aos treinos e também pela recuperação adequada. Por isso a alimentação interfere diretamente no desempenho do corredor.

O verdadeiro vilão da pressão arterial é um componente que está dentro do sal: o sódio. O consumo exagerado do sal está relacionado ao aumento no risco de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), como hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e doenças renais, entre outras.

Na atualidade, a alimentação vegetariana é praticada por diferentes razões, dentre elas ambientais, religiosas, filosóficas e de saúde. Estudos científicos demonstram que é possível atingir o equilíbrio e a adequação nutricional com dietas vegetarianas, desde que bem planejadas e, se necessário, suplementadas.

O diabetes mellitus é uma alteração no metabolismo da glicose causada pela deficiência na produção ou na ação da insulina – hormônio responsável pela diminuição da taxa glicêmica no sangue. Para pessoas com a doença, a ingestão exagerada de alguns alimentos pode ser um perigo.

Os hábitos alimentares da criança começam a se formar muito cedo, assim que sai da barriga da mãe. “O aleitamento materno promove a primeira experiência sensorial que propiciará uma diversificação das escolhas alimentares futuras da criança”, explica a pediatra Christiane Leite, do departamento científico de nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).