Nos dias atuais é cada vez mais comum vermos pessoas entrando na “onda fitness”, seguindo rigorosamente uma rotina de treinos e dietas, tendo objetivos diversos: uns querem emagrecer e outros querem a tão sonhada hipertrofia.

Para aqueles que querem a aumentar a massa muscular, saiba que a alimentação é tão importante quanto a musculação e é preciso escolher os alimentos certos e consumi-los nos horários corretos.

Antes da prática de exercícios físicos, devemos consumir alimentos ricos em carboidratos que irão nos fornecer energia, mas é preciso escolher aqueles carboidratos bons, como:

Batata doce: Fornece cerca de 25g de carboidratos de baixo índice glicêmico a cada 100g;

Arroz integral: Por ser a forma menos processada de arroz, mantém mais fibras, vitaminas e mineirais;

Aveia: Boa fonte de carboidratos, contém proteínas e possui uma boa quantia de fibra solúvel.

Já as proteínas devem ser consumidas até 30 minutos após a prática de atividades físicas, pois ajudam na formação e fortalecimento dos músculos, mas é importante consumir proteínas com baixo teor de gordura, como:

Peito de frango: Cada 100g fornecem cerca de 25g de proteína de alto valor biológico, todos aminoácidos necessários e zero de gordura;

Ovos: Quando consumidos inteiros (com a gema) são considerados alimentos completos nutricionalmente e fornecem 6g de proteína animal.

Carne Vermelha: É preciso escolher um corte de carne magra, mas são excelentes por além de fornecer proteína, possuem ferro, zinco, vitaminas do complexo B e creatina;

Queijo Cottage: É basicamente uma proteína completa, essencial para a construção muscular;

Peixe: Possuem praticamente a mesma quantia de proteínas que o frango e a carne vermelha, com o benefício de ser rica em gorduras boas.

A alimentação é primordial para ganho de massa muscular. De nada adianta seguir um treino forçado, com acompanhamento de um profissional capacitado, se não houver uma educação alimentar adequada. Lembrando que, cada organismo responde diferente de outro, o ideal é ter o auxílio de um nutricionista.

Com o auxílio de um profissional da nutrição será ainda possível complementar a alimentação com os suplementos, que irão intensificar os resultados.