Estamos a alguns dias do início do verão e as temperaturas estão aumentando cada vez mais, junto com a vontade de ir a praia, piscina e pegar um bronze. O problema é que muitos se preocupam na hora de colocar um traje de banho por não se sentirem muito a vontade com algumas gordurinhas a mais no corpo, que trazem sérios prejuízos à saúde.

Mais do que um incômodo estético, as gorduras localizadas na barriga são um fator de risco para algumas doenças como colesterol, hipertensão e problemas cardiovasculares e devem ser preocupantes por esse fator. Como essas gordurinhas surgem por conta de uma má alimentação, stress e falta de exercícios, é totalmente possível evitar e reverter a situação.

Apesar de parecer impossível eliminar a gordura que fica acumulada na região abdominal, nas coxas e no tórax, se seguir uma dieta balanceada e se exercitar a quantidade necessária que o seu corpo precisa, com certeza irá notar uma boa redução das medidas.

A gordura normalmente é causada pela ingestão de carboidratos simples, como pães, massas, doces, refrigerantes e bebidas alcoólicas. Veja a seguir em quais alimentos devem ser consumidos para ter mais saúde e ainda emagrecer:

Frutos do mar: Uma das principais causas do ganho de peso é a inflamação e o ômega-3 presente nos peixes e frutos do mar é um excelente anti-inflamatório, além disso, ainda aceleram a transformação da glicose em energia, impedindo que vire gordura.

Óleos funcionais: Atuam no metabolismo da gordura, quebrando os ácidos graxos para produção de energia antes que virem reservas de gordura.

Probióticos: Regulam a flora intestinal, impedindo a absorção inadequada de gorduras no intestino, que está diretamente relacionado ao ganho de peso.

Abacate: Além de promover saciedade por mais tempo, o abacate ainda reduz o pico de insulina, hormônio responsável pelo armazenamento das calorias sob forma de gordura localizada.

Frutas vermelhas: As frutinhas são antioxidantes e mantém o bom funcionamento do sistema circulatório, o que auxilia na queima de gordura abdominal.

Chá verde: Acelera o metabolismo e aumenta a temperatura corporal, diminuindo a oxidação de gorduras.

Azeite: Alimento anti-inflamatório que diminui a agregação de placas de gordura.

Canela: Aumenta o metabolismo, melhora a atividade da insulina e reduz a compulsão por doces e carboidratos.

Além de se alimentar bem, é importante praticar exercícios físicos por, no mínimo, 3 vezes por semana com duração de 45 minutos por dia. Se manter sempre hidratado e consumir chás também ajudam a reduzir a concentração de gordura.