Todos sabemos que devemos consumir apenas água filtrada, verduras que estejam bem limpas e carnes bem cozidas, mas você sabe o motivo para tanta preocupação com o que ingerimos? É que neles podem conter ovos de parasitas ou vermes, organismos que vivem dentro de outro organismo e usam-no para se alimentar e reproduzir.

Estes organismos se proliferam no intestino, mas pode ocorrer dele se desenvolver antes e ser encontrado no estômago, provocando náuseas, vômitos, azia e sensação de movimento dentro do estômago.

Para identificar a presença do verme é preciso fazer um exame de fezes, mas alguns sinais podem ser detectados antes do exame:

  • Dificuldade para dormir;
  • Problemas de pele, como úlcera, erupção cuânea, pele seca, uticária e lesões papulosas;
  • Cansaço em excesso, depressão, moleza e apatia;
  • Cãibras musculares, dores no umbigo, problemas articulares e musculares, dormência nas mãos e pés, dor na artrite e dores musculares;
  • Diarreia;
  • Dores abdominais e inchaço;
  • Infeção do trato urinário;
  • Menstruação desregulada;
  • Coceira no ânus;
  • Anemia;
  • Perda de peso e excesso de fome;
  • Alteração no humor.

Para tratar e eliminar os vermes há uma série de tratamento, o seu médico certamente indicará qual o remédio mais apropriado de acordo com o estágio do problema e o tipo de verme. Além do uso de remédios apropriados, é recomendado sempre lavar bem as mãos e consumir alguns alimentos que são eficazes no combate aos vermes, como: frutas, óleo de coco, semente de abóbora, aloe vera, mamão, gengibre, raiz de genciana, abacaxi, couve e sementes de romã.