A conjuntivite é uma comum inflamação na conjuntiva, que é uma membrana transparente que reveste o globo ocular e o interior das pálpebras, essa inflamação pode ser aguda ou crônica, atingir um ou os dois olhos por um período de 7 a 15 dias.

A inflamação é causada por uma reação alérgica a poluentes ou substâncias, como cloro de piscina, produtos de limpeza, maquiagem e pólen, ou ainda pode ser provocada por vírus e bactérias, o que faz com que a conjuntivite seja altamente contagiosa, sendo transmitida até pelo mesmo pelo contato direto com as mãos ou objetos contaminados.

Os principais sintomas são:

  • Olhos vermelhos e lacrimejantes;
  • Pálpebras inchadas;
  • Sensação de cisco nos olhos;
  • Secreção purulenta ou esbranquiçada;
  • Coceira;
  • Sensibilidade à claridade;
  • Visão turva;
  • Pálpebras grudadas ao acordar.

O tratamento varia de acordo com a causa da inflamação, se for de origem viral não há um medicamento específico, mas se for conjuntivite bacteriana o médico poderá recomendar o uso de colírios antibióticos, que se não utilizados corretamente podem agravar o quadro.

Independente do caso, é recomendado que seja sempre feita a higiene dos olhos a fim de evitar a evolução da inflamação, portanto lave os olhos e faça compressas com água gelada (filtrada) ou com soro fisiológico.