A catapora é uma doença extremamente comum na infância, causada por um vírus altamente contagioso para quem nunca foi contaminado ou não recebeu a vacina. A doença tem uma evolução moderada em crianças até 10 anos, os mais velhos e adultos podem ter algumas complicações, mas normalmente, não são graves.

Os primeiros sinais da catapora começam a aparecer de 10 a 21 dias após o paciente ter sido contaminado, já a transmissão do vírus dura por todo o tempo em que o corpo do paciente estiver com as feridas características da doença.

Os principais sintomas são: febre, coceira, mal estar, perda de apetite, dor de cabeça, dor de barriga e o surgimento de bolhas avermelhadas em todo o corpo.

No início as bolhas aparecem na face, no tronco ou no couro cabeludo e então se espalham. Após um ou dois dias, essas bolhas ficam acinzentadas e novas feridas surgem em outras regiões. Geralmente, os sintomas duram de 4 a 5 dias apenas.

O tratamento consiste no uso de medicamentos para diminuir a dor e aliviar a coceira, além de pomadas que ajudam a cicatrizar as feridas. Durante o período de tratamento é importante que o paciente não vá trabalhar ou não frequente a escola até que todas as bolhas já estejam secas, para evitar a contaminação de outras pessoas.

Algumas medidas podem ser tomadas em paralelo ao tratamento indicado pelo médico, como:

  • Beber bastante líquido, como água, chá ou água de coco;
  • Tomar banho de água morna e aveia diariamente;
  • Cortas as unhas para evitar que provoque feridas na pele;
  • Em casos de catapora na boca ou garganta, evite alimentos muito quentes, salgados ou ácidos;
  • Passe talco ou pasta d'água nas feridas pois ajuda a aliviar a coceira;
  • Use roupas largas e de algodão para evitar a transpiração.

Lembre-se de antes de tomar qualquer medicação consultar o seu médico, pois alguns medicamentos podem piorar a evolução da doença.