O tão conhecido colesterol, ou simplesmente gordura no sangue, é um tipo de lipídio presente em nosso organismo. Essa gordura é utilizada para a síntese de substâncias como hormônios e ácidos biliares, mas se presente em excesso pode ser prejudicial à saúde.

Existem dois tipos de colesterol: O LDL, colesterol ruim, é encontrado em carnes vermelhas e queijos amarelos, o excesso desse tipo é o principal responsável pelas doenças cardiovasculares. O outro tipo é o HDL, colesterol bom, produzido pelo próprio organismo, a função desse tipo é impedir o acúmulo de placas de gordura nas artérias. A produção do HDL é estimulada pela prática de atividades físicas e uma dieta balanceada.

Além da alimentação rica em gordura, outros fatores podem contribuir para o aumento do colesterol, como predisposição genética ou hereditária, obesidade e sedentarismo.

A aterosclerose é o endurecimento dos vasos causado pela gordura e colesterol, e é assintomática até que ocorra alguma obstrução de uma artéria. Portanto, é de extrema importância hábitos saudáveis para previnir o problema, como:

  • A prática de exercícios físicos ajuda a emagrecer, diminuir as tensões e reduz o risco de infarto e os níveis de colesterol no sangue.
  • Não fumar é essencial, já que a nicotina aliada ao colesterol, multiplica os riscos de um infarto.
  • Fique calmo, uma vida sem estresse diminui os níveis de colesterol.
  • Siga uma dieta balanceada com baixos níveis de gordura e colesterol.

Quem tem diabetes deve ser ainda mais cuidadoso, já que essas pessoas apresentam riscos muito maiores de ter aterosclerose. Os alimentos que devem estar inclusos na dieta balanceada são: Aipo, couve-de-bruxelas, bagaço da laranja, ameixa preta, couve-flor, mamão, amora, damasco, mandioca, azeite de oliva, ervilha, pão integral, aveia, pera, cenoura, farelo de trigo, pêssego, cereais integrais, feijão, quiabo, cevada, figo e vegetais.