Andar de bicicleta pode até ser uma brincadeira de criança, mas vai além disso, é uma atividade extremamente benéfica a nossa saúde e mente, sendo um excelente exercício aos adultos e as crianças.

Aprender a pedalar durante a infância desenvolve a autonomia na criança, mantem o corpo em movimento e desenvolve a coordenação motora e equilíbrio, mas os benefícios vão além, sendo capazes de evitar doenças e melhorar a qualidade de vida.

Evita o estresse e depressão: A prática do exercício faz com que o sangue chegue rapidamente ao cérebro, reduzindo a incidência de ansiedade, angústia e depressão.

Qualidade de sono: Assim como nas outras atividades físicas, as endorfinas são liberadas e aumenta o nível de seretonina, deixando o ciclista mais feliz e relaxado.

Vida sexual: Ao pedalar os vasos das coxas e das pernas são tonificados, intensificando a irrigação sanguínea nos órgãos genitais e vasos pélvicos, sendo assim há uma melhoria na ereção peniana e na lubrificação vaginal.

Perda de peso: Pedalar é um grande aliado ao combate a gordura corporal, principalmente se combinado com uma dieta de baixa caloria.

Músculos: Todo o esforço feito ao pedalar garante músculos tonificados, principalmente das pernas.

Redução do colesterol: Aqueles que pedalam frequentemente consomem a gordura, que consequentemente ocasiona na redução do colesterol total e LDL, além dos triglicerídeos.

Evita o infarto: Além de reduzir o colesterol, diminui também a glicemia, que é fator de risco para a angina e infarto agudo do miocárdio.

Pressão arterial: Pedalar tonifica os vasos sanguíneos e faz com que eles relaxem rapidamente, reduzindo a pressão arterial.

Imunidade: Com a melhoria da contração cardíaca, o sistema imune fica estimulado, ajudando o organismo a se defender dos vírus e bactérias.

Respiração: O esforço praticado durante o exercício, melhora a oxigenação dos pulmões e tecidos.