Dormir traz inúmeros benefícios à saúde, mas chegar em casa após um longo dia de trabalho e se preparar para dormir a noite inteira pode ser um grande problema para quem sofre de algum tipo de distúrbio de sono, porém essa dificuldade pode ser melhorada quando pratica exercíxios físicos.


Com a prática de exercícios, o organismo libera um neurotransmissor chamado endorfina que é responsável pela sensação de bem-estar e pelas noites de sono bem dormidas. Mas fique atento, praticar atividades logo antes de ir para a cama não é bom, pois os exercícios além de aumentar a adrenalina no corpo, ainda aumentam a temperatura do corpo e o sono só começa quando esta diminui.

O recomendado é praticar atividades, no mínimo, quatro horas antes de dormir e sempre dar preferência aos exercícios que trabalham o alongamento e a flexibilidade muscular, como ioga que tranquiliza, diminui a tensão muscular, a dor e a fadiga. Além do ioga, a corrida, a natação e o ciclismo também são ótimos aliados do sono, pois condicionam o sistema cardiorresporatório, reduzindo as chances de apneia e ronco.

Embora a atividade seja essencial, ela sozinha não resolve todos os tipos de distúrbio do sono, os exercícios funcionam como um auxiliar e beneficiam aqueles que acordam várias vezes durante a noite.

Além de praticar regularmente atividades físicas, acrescente em sua dieta alimentos que estimulam o sono como o maracujá, chá de camomila, leite e cereais. O que irá ajudar a dormir melhor também será tomar um banho quente antes de dormir, manter a luz do quarto apagada, a televisão e o celular desligados e relaxar até entrar em estágio de repouso