A dança do ventre é uma arte extremamente sensual e está ligada à fertilidade e à sexualidade feminina. Mas além de despertar a beleza e sensualidade da mulher, a prática da dança ainda traz muitos benefícios ao corpo e à saúde, sendo uma ótima opção para aquelas que não gostam de academia.

Conheça a seguir o que a dança do ventre é capaz de fazer com a mente e o corpo da mulher:

  • Melhora o alongamento, o condicionamento e a flexibilidade das articulações do corpo;
  • Estimula a circulação e melhora a respiração;
  • Os movimentos ondulatórios da dança massageiam os órgãos internos, amenizando as cólicas e prisão de ventre;
  • Corrige a postura da coluna;
  • Define o corpo, já que a cada aula é possível queimar 300 calorias;
  • Tonifica os músculos das pernas, glúteos, barriga, abdômen, ombro, braços e até os faciais;
  • Aumenta os reflexos;
  • Por promover maior irrigação sanguínea na região pélvica, a dança do ventre aumenta o prazer durante a atividade sexual, pois facilita a contração e dilatação;
  • Previne problemas com incontinência urinária;
  • Equilibra os hormônios e suas funções;
  • Aumenta a resistência física;
  • Os exercícios preparam o corpo para a gravidez e alivia as dores do parto;
  • Estimula a auto-estima e torna a mulher mais sensual;
  • Melhora a atividade cerebral;
  • É uma atividade relaxante, aliviando o estresse diário.

A dança do ventre pode ser praticada por qualquer um e em qualquer idade, sempre com a orientação de um profissional, visto que os movimentos são delicados e exigem uma grande movimentação corporal, podendo acarretar em lesões.